segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

12 passos para a dependente de chapinha!

Fonte: Hair Experts/Naturally Curly

Para começar bem o novo ano aqui vão super dicas para quem quer deixar a chapinha de lado e ser feliz com seu cabelo natural!


Se você é dependente da chapinha, é hora de acabar com este vício que só estraga o cabelo. Assim como tudo na vida, o excesso só faz mal e você precisa mudar isto. O site Naturally Curly fez um programa com 12 passos para quem precisa de ajuda e aqui vão eles.

Primeiro passo: Admita que o seu cabelo precisa de ajuda
As chapinhas causam muitos danos ao cabelo. Se você está viciada nela, muito provavelmente o seu cabelo está seco, sem vida e precisando de reparação. Admita que passar chapinha não faz mais você se sentir bonita como ela fazia antes. É tempo de descobrir o que pode fazer isto.

Segundo passo:
Passe pela crise de abstinência
Parece difícil? Pois cortar de vez o uso da chapinha às vezes é a melhor forma de superá-la. Peça para alguma amiga escondê-la ou jogue a chapinha fora, se você estiver realmente empenhada nisto. Seja lá o que você decidir, é essencial minimizar o uso da chapinha para eliminar a sua dependência.

Terceiro passo: Diga olá para um velho amigo – o seu cabelo natural
Tome um banho. Deixe o seu cabelo secar naturalmente e então dê uma boa olhada nele. Qual é exatamente a sua textura natural? É cacheada? Ondulada? Lisa? O que o seu cabelo faz quando ele seca? Conhecer o comportamento do seu cabelo é fundamental para saber trabalhar com ele.

Quarto passo: Tenha uma conversinha consigo mesma
Olhe-se no espelho e diga a si mesma que tudo vai ficar bem. O seu cabelo natural provavelmente não a faz se sentir atraente. Não foi por isto que você começou a alisá-lo com chapinha? Não se preocupe, existem várias coisas que podem ser feitas no seu cabelo natural que vão deixá-la bonita novamente. Respire fundo e diga a si mesma que você está fazendo o que é melhor para você.

Quinto passo:
É hora de reparar o seu cabelo
Agora que você começou uma jornada para deixar o cabelo natural, é hora de repará-lo. Existem vários produtos que você pode comprar para reparar o cabelo danificado. Tente procurar por produtos que reparam as três camadas do seu cabelo, não só a superficial. Aqui está o que você precisa colocar na sua lista de compras:

- Tratamento com óleo quente
- Tratamento de re-hidratação
- Óleo de jojoba
- Máscara de hidratação profunda

Nota: Seja paciente. Muitos destes produtos precisam ser absorvidos no seu cabelo ou no couro cabeludo. Quanto mais danificado o cabelo estiver, mais tempo você vai precisar esperar para que estes produtos funcionem no seu cabelo.

Sexto passo: Invista em shampoos e condicionadores de qualidade
O seu cabelo merece a melhor e a mais saudável das opções. Tente investir em um produto livre de sulfatos que foi formulado especificamente para reparar o seu cabelo. Os sulfatos podem causar ressecamento e frizz, então se você sabe que o seu cabelo tende a ficar assim, fique fiel aos produtos livres de sulfato. Quanto aos condicionadores, você precisa encontrar um que vai reparar o seu cabelo dos danos de tanto calor.


Sétimo passo: Faça um corte/penteado que funciona com a sua textura natural
Provavelmente você deve se livrar destas pontas que foram fritas. Escolha um corte que vai fazer a sua textura natural ficar boa. Enquanto você pensa em estilos e cortes pergunte a si mesma: eu vou precisar usar chapinha para este corte? Se sim, escolha outro. O mais importante é você fazer um corte que a deixará confortável e bonita com ele. Aqui vão algumas dicas que ajudam para escolher um corte:

- Se o seu cabelo é realmente fino, tente ficar longe de penteados longos
- Se você quer deixar o cabelo mais encorpado, tente um corte curto acima do pescoço
- Camadas longas e grossas ficam ótimas no cabelo ondulado

Oitavo passo:
Qual é o seu estilo?
Agora é hora de arrumar o seu cabelo recém reparado. Antes de você pegar a sua chapinha de novo, repare que existem vários produtos que podem destacar a sua textura natural. Enquanto ele ainda está na fase de reparação tente não usar elásticos ou presilhas que possam quebrar os seus fios.

Observe as mulheres ao seu redor, folheie revistas e escolha um penteado que NÃO VAI exigir chapinha ou babyliss (qualquer dano causado por calor). Você pode manter estas dicas na cabeça para conseguir o seu estilo:

- Use mousse, gel leve ou creme para pentear que não dá peso para o seu cabelo
- Deixe o seu cabelo secar sozinho ou use um secador não muito quente com difusor
- Uma vez que o cabelo estiver seco, passe um pouco de pomada ou serum no cabelo todo para manter o penteado
- Se o seu cabelo for cacheado, NÃO penteie mais depois que ele for arrumado

Nono passo:
Mantenha o seu cabelo saudável
Então você largou o hábito de passar chapinha. Agora é hora de trocá-lo por hábitos saudáveis!

- Faça uma hidratação profunda uma vez por semana
- Não penteie o cabelo muitas vezes – pentear todos os dias só traz quebra e formação de pontas duplas
- Não lave o cabelo todos os dias – passar shampoo todos os dias retira a hidratação dele, deixando os fios secos e opacos
- Durma com uma fronha de cetim – a fronha de algodão cria atrito e deixa um lado do cabelo mais achatado do que o outro
- Use um pente de dentes largos – os dentes largos causam menos danos ao seu cabelo enquanto você tenta desembaraçá-lo.


Décimo passo: Resista às tentações
Fique longe de chapinhas, babyliss e de até mesmo secadores se você sabe que você vai ficar tentada a retornar ao hábito da chapinha. Se você decidir usar um secador, use-o em uma temperatura baixa que não vai danificar o seu cabelo recém reparado. Eventualmente você conseguirá voltar a usar chapinha, mas você só poderá permitir este luxo em ocasiões especiais; não confie em você mesma ou você poderá escorregar e voltar aos seus hábitos antigos.

Décimo primeiro passo: Estabeleça um regime capilar
Agora você já deve conhecer o seu cabelo como a palma da sua mão. Você deve ter se familiarizado com o comportamento dele, você já sabe o que ele precisa e o que não fica bom nele. Esta é uma ótima época para estabelecer uma rotina para cuidar do seu cabelo e arrumá-lo. Escolha produtos que ficam bem no seu cabelo, mas, acima de tudo, estabeleça uma rotina que você goste de fazer. Ter uma rotina que você aprecie vai encorajar a manutenção de um cabelo saudável.

Décimo segundo passo:
Você não está sozinha!
Fazer a transição do cabelo alisado para o cabelo natural é uma jornada difícil, mas lembre-se que você não está sozinha. Existem muitas mulheres por aí que estão voltando para as suas texturas naturais. Divida as suas experiências, troque dicas e peça conselhos para as muitas mulheres que tiveram sucesso ao abraçar os seus cabelos naturais. Com ajuda, você pode deixar a chapinha no passado e dizer “olá” para um cabelo lindo e saudável!

16 comentários:

FabyBrasil disse...

Nossa esse post veio bem a calhar, estou tentando parar de usar a chapinha, mas não está nada fácil, meu cabelo é alisado e tem progressiva, por isso fica totalmente indefinido e com aspecto ressecado, implorando pela chapinha. Ainda não consegui abolir de vez, mas consegui reduzir o uso para uma vez por semana no máximo e encontrei umas soluções bem interessantes. Lembrando que mesmo com a chapinha eu deixo sempre secar natural e todos esses métodos eu uso com ele já seco.
Quando quero deixar ele liso, eu passo algum modelador ou serum, faço dois coques no alto, prendo com elástico tirado das meias e durmo assim, no dia seguinte quando solto, ele está com as camadas bem destacadas e com efeito bem parecido com o que faço com chapinha, fica muito bom. Só não use elástico comum ou grampos porque fica marcado, além de apertar os fios que podem se quebrar, o elástico de meia é ideal.
Quando quero que ele enrole, eu faço uma trança embutida e durmo assim, no dia seguinte eu solto, ele fica bem ondulado e não fica espetado nas pontas como ocorre nas tranças comuns. No dia seguinte uso um pouco de serum e fica bem natural.
Por último, como minha franja é bem indisciplinada, rs, quando ela está daquele jeito eu tranço só a parte da frente, partindo de uma lateral até a outra, e ajeito como se fosse uma tiara. As tranças estão muito na moda e combinam com cabelos enrolados, é o meu visual preferido, fica ótimo mesmo.
Esses foram os que melhor se adaptaram para mim, mas já testei muitos outros.
Bjos

Anônimo disse...

Gostei da matéria! Mas meninas me respondam uma pergunta: qual condicionador(da mesma marca) devo usar com o shampoo bonacure sulfate free? Faço a rotina low poo. Obrigada!
Marta

gabriela disse...

Meu cabelo é "ondulado" quando está curto, mas quanto cresce ao secar naturalmente parece que foi passado chapinha,no momento me cabelo está curto pois, quanto estava grande fiz a loucura de descolorir as pontas, virou uma palha, não dava nem para pentear, então a solução foi cortá-lo, não me arrependo, mas como o meu cabelo quando curto fica ondulado, cai no vício da chapinha, toda vez que lavo( de 2 em 2 dias), mas graças a Deus me cabelo não ressecou, estou tentando sair do vício mas tá difícil, já não estou chapando tanto mas ainda estou com muita dificuldade, mas pouco a pouco vou conseguindo me livrar do vício, há postagem me ajudou bastante pois me esclareceu coisas que ainda não havia entendido.
Obrigado.

Nat disse...

ótima dica!!!! serve até pra quem tá largando o relaxamento como é o meu caso...não é fácil!!

Jacqueline disse...

Eu aboli e olha q estou amando o meu cabelo natural, claro que ainda esta esticado pelo excesso de alisamento mas esta bem melhor agora!!

Amanda Virginia disse...

Se já usou muita chapinha e agora com a nova tendência quer deixar seus cabelos encaracolados de novo vai precisar de muita manutenção e hidratação. Uma linha que indico é a Nutriseduction da Alfaparf, ela é especializada em cabelos ressecados e rebeldes, que é o que a chapinha faz, uns dos melhores ativadores de cachos é o Sublime Sorbet da mesma linha. #ficaadica

Aline Carneiro disse...

Amei o Blog!
Sou uma Encaracolada e apaixonada pela Deva Conceps!
Gostaria de ter sempre informações sobre os produtos!
Bjs!

Giselly Lacerda disse...

nossa pensei q eu fosse a única neste caso.mas já vi q cada uma tem um jeito diferente de cuidar do seu cabelo e se vê bem.Eu estou largando a amônia.E isso inclui a chapinha e escova tbm.
Atualmente meu cabelo está pintado de vermelho(tonalizante) e bem curto,acima do pescoço p retirar já boa parte da amônia. estou feliz.Agora uso o super relaxante do beleza natural,e pretendo ter meus cachos de volta mas com disciplina.
Bjs meninas!

Anônimo disse...

Estou sofrendo muito para aceitar meu cabelo ao natural!! Percebi que sou bem neurada com que os outros pensam!! É só ver alguém olhando meio torto, que já fico sem graça!! Puxa!! Por que acho tão difícil largar o visual "esticado"? Tenho tanto apego que é como se eu fosse trocar de rosto, personalidade e estilo ao assumir os meus crespos!!Gente, por mais incrível que pareça, ver a moda dos cabelos naturais surgir me fez ficar foi mais triste!! Há quem diga aos quatro ventos que quem tem cabelos artificiais não tem personalidade forte!! E eu digo que não é bem assim!! Formar uma identidade com um determinado tipo de visual e depois mudá-lo radicalmente também causa muito sofrimento para algumas pessoas!!Viver de chapinha é até mais fácil!! Difícl mesmo é trocar de cara!

Anônimo disse...

meu cabelo está muito danificado por motivo da desgraça da chapinha , e agora quero os meus cachos de volta
vou seguir as dicas e ver oque eo posso melhorar no meu cabelo
Beeijoos Obrigada pela Dica *-*

Alice Souza disse...

Eu amooo cabelo comprido, estou sofrendo mt só d pensar q tenho q ficar cortando a parte alisada, mas tenho mt sdd dos meus cachos da saude q ele tinha! Chega de viver dependente de chapinha e secador!! Oq eu mais qro é ir para praia entrar no mar e n ficar cheia d neuras kkkkk

Cacau Fernandes disse...

Eu tb. Além de estar desesperada para me livrar da rotina e do tempo gasto na chapinha. Gostaria de apenas lavar e sair de casa. Sempre me vejo deixando de sair pq não to afim de fazer o cabelo. Estou deprimida com essa prisão. Sem chapinha, meu cabelo é agora uma coisa sem forma, nem liso, nem cacheado e com umas pontas horríveis. Preciso de ajuda. Não entendo nada de cabelo e de produtos para cabelo. Não sei como ganhar volume, já que meu cabelo é muito fino e ralo e detesto minha aparência com o cabelo totalmente encaracolado como era, mas preciso desesperadamente achar um novo visual que não me tome o tempo que a chapinha toma. Socorro!

ivoneide marinho disse...

Amei vou começar essa jordada..!!

Danielle Gonçalves disse...

Adorei as dicas, bem completinhas para manter o cabelo saudável. Parabéns.
http://www.pranchaechapinha.com.br

Flavia Tomich disse...

Ja fazem 2 meses sem chapinha, parece mesmo uma droga nao e verdade? Estoy fazendo hydratacao 2x por semana, 1 semana uso ingredients naturais como suco de cebola,cenoura,beterraba,oleos,vinagre de maca,etc...na segunda lavagem da semana estoy usando os produtos da prime, hydra, as ampolas sao maravilhosas,pra finalizar uso com o cabelo secado no ventilador 3 oleos misturados O jojoba e 2 oleos da marca prime, gente faco uma touca enrrolo pra um lado e horas depois pro outro, estou feliz demais, de um cabelo viciado, seco,pontas duplas pra um cabelo sedoso,brilhoso e crescendo rapido, ha..tmb tomo vitaminas diarias, biotin,vitm c,omega 3,6,9. Boa sorte.

Flavia Tomich disse...

Amiga calma argue minhas dicas, acabei de postar meu cabelo are tipo sarara entende? Agora estou dando show.

Encaracoladas!

:D